//

Luiz Felix

24/09/2023

É head Global Asset Allocation na Santander Asset Management (SAM), liderando seus esforços de Alocação Estratégica de Ativos (SAA) e Alocação Tática de Ativos (TAA). Atua no mercado financeiro desde 2001, iniciando sua carreira como gestor de carteira de renda fixa no Brasil. Durante 2005-2008 foi estrategista quantitativo no ABN AMRO Asset Management em Amsterdã. Em 2008 juntou-se ao grupo Multi-asset da APG Asset Management, um dos maiores investidores de pensões do mundo com AUM superior a 500 milhões de euros. Na APG, iniciou e administrou com sucesso mandatos de TAA por mais de uma década, bem como administrou uma série de estratégias de sobreposição de derivativos e um portfólio de fundos de cross-asset hedge funds. Seus esforços mais recentes de P&D aplicam processamento de linguagem natural (PNL) e técnicas de machine learning para investimentos. Possui doutorado em Finanças pela VU University Amsterdam e publicou artigos em finanças comportamentais e quantitativas em veículos conceituados.